Estrategias

Estratégias E Linhas De Ação

A proposta faz parte do resultado central da reunião dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade Ibero-Americana de Nações na sua XV Cúpula de Salamanca (14 e 15 de outubro de 2005). Entre os compromissos assumidos pelos 22 países na Declaração de Salamanca, se destaca a implementação da SEGIB, como órgão permanente para impulsionar os objetivos encaminhados a fortalecer a cooperação ibero-americana, a coesão interna e a projeção internacional da Comunidade Ibero-americana das Nações. Três aspectos são repetidamente mencionados nesta declaração por sua relevância: A urgência de enfrentar os desafios crescentes de pobreza e desigualdade, de conceber e implementar políticas públicas de inclusão social, e de alcançar verdadeiro desenvolvimento sustentável.

Manguezais no Brasil

O manejo costeiro integrado (MCI) é o instrumento de desenvolvimento sustentável projetado especificamente para estas áreas dinâmicas, de transição, frágeis e complexas. Destina-se a satisfazer a referida Declaração, apelando para a necessidade urgente de adoptar novas tecnologias, aumento de recursos e novos métodos para a gestão integrada dos recursos hídricos (incluindo recursos marinhos e costeiros), expressando a sua vontade de incorporar esta e outras questões ambientais nas políticas de desenvolvimento regional.

Durante o já prolongado vínculo profissional entre a maioria dos professores, cientistas, gestores públicos e pesquisadores, que fazem parte dos grupos/países que apoiam esta proposta, tornou-se claro uma série de obstáculos para a real implementação da abordagem do MCI na região:

1.Falta de acesso à informação,
2. Falta de apoio político,
3. Deficiências no planejamento,
4. Falta de recursos,
5. Falta de pessoal devidamente qualificado,
6. Políticas de caráter reativo, setorial e não transversal,
7. Desconhecimento de qualificações existentes.

Linhas de ação::

Assim, esta proposta visa contribuir para proporcionar soluções duradouras para os problemas levantados. Assim, se reconhece que é necessário enfatizar:

: a troca de experiências,
a criação de condições institucionais para a cooperação,
o estabelecimento de um programa formal de MCI para a região,
a realização de treinamento e capacitação de técnicos e gestores responsáveis pela gestão das áreas costeiras.